Mantenha os custos do seu plano de saúde e benefícios sob controle

Matérias 23 de novembro de 2020

Venha conhecer como equilibrar seus gastos em benefícios para funcionários, com o compromisso de fornecer apoio para a saúde e o bem-estar dos seus colaboradores. 

O dilema do custo para o empregador

Os planos de saúde e bem-estar têm adquirido uma importância estratégica cada vez maior, tanto do ponto de vista do dever e do cuidado, quanto pela capacidade que eles têm de melhorar a reputação corporativa e a produtividade no local de trabalho, bem como pela atração e fidelização dos funcionários.

Enquanto isso, a variedade e a sofisticação dos produtos têm aumentado, agora as empresas não oferecem apenas benefícios asseguráveis, mas também uma ampla gama de iniciativas de bem-estar físico, mental, social e financeiro, mesmo agora que os custos dos planos de benefícios estão em alta. De fato, na média, os custos médicos estão quase três vezes mais altos que a inflação geral.

A pandemia COVID-19 tem intensificado a necessidade das empresas de aprimorar as eficiências e conter os custos. O confinamento, a interrupção dos negócios e a desaceleração econômica deixaram as finanças das empresas sob uma forte pressão.

Equilibrando custos e empatia

No entanto, os funcionários são particularmente sensíveis às mudanças nos níveis de entrega dos seus benefícios; e muitos esperam que os empregadores deem acesso a um atendimento médico especializado e de qualidade. Assim, os empregadores precisam tomar medidas rápidas para modernizar seus benefícios e otimizar o valor dos seus planos, a fim de garantir que os programas que oferecem sejam de bom custo-benefício e que também protejam a saúde dos seus funcionários.

Então, como podem os empregadores equilibrar a economia e a empatia para oferecer um programa de saúde que seja significativo para os seus funcionários e, por sua vez, também tenha bom custo-benefício no futuro?


Criação de uma estratégia de contenção de custos

Por meio do desenvolvimento proativo de uma estratégia de contenção de custos para as empresas será muito mais fácil tomar as decisões necessárias, a fim de garantir a sustentabilidade financeira dos seus planos de saúde e benefícios.

A gestão proativa precisa abordar três estratégias para manter os custos sob controle:

Para achatar a curva, as empresas precisam de estratégias multifacetadas e de vários anos que tratem estas três questões simultaneamente

Os empregadores que aceitarem este desafio terão que criar planos de benefícios com um bom custo-benefício que impactem positivamente os seus funcionários. Aqueles que não o fizerem, apenas obterão um controle dos custos no curto prazo.


Link oficial: http://www.mercermarshbeneficios.com.br/capital-intelectual/news/keeping-health-and-benefit-plan-costs-under-control.html